Joomla TemplatesWeb HostingWeb Hosting
IGREJA ANGLICANA

  

REVMO. MIGUEL ÂNGELO DE A. UCHOA CAVALCANTI

BISPO DIOCESANO 

 

 

REVMO.  EVILÁSIO TENÓRIO DA SILVA JÚNIOR

BISPO SUFRAGÂNEO DA REGIÃO ECLESIÁSTICA 2

 

 

REVMO. FLÁVIO ADAIR TORRES SOARES

BISPO SUFRAGÂNEO DA REGIÃO ECLESIÁSTICA 1

 

REVMO. EDWARD ROBINSON DE BARROS CAVALCANTI

BISPO DIOCESANO EMÉRITO (IN MEMORIAM) 

 

 

SOMOS PARTE DO GAFCON

 

 

SOMOS FILIADOS À FELLOWSHIP OF CONFESSING ANGLICANS (FCA)

 

 

SOMOS CONVENIADOS À IGREJA ANGLICANA DA AMÉRICA DO NORTE (ACNA)

 

SOMOS MEMBROS-FUNDADORES DA ALIANÇA EVANGÉLICA

 

 

SOMOS MEMBROS DA ASSOCIAÇÃO PRÓ-CAPELANIA MILITAR EVANGÉLICA DO BRASIL (ACMEB)

 

Horário de Brasilia
Contador de Visitas
mod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_counter
mod_vvisit_counterHoje1531
mod_vvisit_counterOntem1471
mod_vvisit_counterEssa Semana8662
mod_vvisit_counterÚltima Semana12731
mod_vvisit_counterEsse Mês37115
mod_vvisit_counterÚltimo mês47583
mod_vvisit_counterTodos2044707

Online (Logado a 20 min) 23
Seu IP: 54.205.247.203
,
Hoje é: 21-08-2014 18:58
Home Bispo Sermões Sermão no Culto de Entrega do Título de Venerável Arcipreste

Sermão no Culto de Entrega do Título de Venerável Arcipreste

 

 

Sermão no Culto de Entrega do

Título de Venerável Arcipreste ao Rev. Maurício Coelho e Posse do Rev. José Roseno Como Pároco Efetivo

 

Paróquia Anglicana Cristo Redentor

Gravatá (PE), 21.08.2010

 

Meus amados irmãos e irmãs,

A Graça e a Paz do Nosso Senhor e

Salvador Jesus Cristo esteja com todos!

 

Bendito seja o Senhor que nos criou e nos sustenta em toda a nossa vida. Bendito seja o Senhor que enviou o seu Filho Jesus Cristo para nos salvar. Bendito seja o Senhor que enviou o seu Espírito Santo para nos convencer do pecado, para transformar os nossos sentimentos, o nosso temperamento e o nosso caráter, derramando os seus dons para a nossa participação na construção do seu Corpo, a Igreja, e nos ilumina em nossa vocação no mundo. Bendito seja o Senhor que nos chamou das trevas para a luz, para andarmos em novidade de vida. Bendito seja o Senhor que não olhou para a nossa incapacidade e a nossa impureza, e, em sua Graça e Soberania nos vocaciona para servi-lo no ministério da Palavra e do Sacramento. Bendito seja o Senhor que nos envia ao mundo como sal e luz, e como missionários das Boas Novas.

 

A Ele toda a nossa gratidão, toda a nossa ação de graças. Nessa gratidão o louvamos, e procuramos escutar a sua voz para cada etapa da nossa existência. Como Abraão, cada um de nós é chamado da nossa zona de conforto, dos nossos próprios projetos, das nossas prioridades, do nosso “triunfo” segundo os padrões desse mundo. Chamados e desinstalados. Chamados para uma viagem, uma peregrinação, uma travessia em direção a uma aventura, ao desconhecido, ao destino de uma Terra Prometida. Chamados para sermos abençoados porque abençoadores. Chamados para a construção do Povo de Deus.

 

Viemos para a vida com um objetivo, mas, quantas vezes, apenas existimos e não nos ligamos à fonte da vida, para que tenhamos vida. Ele nos chama desde o ventre de nossa mãe, mas nem sempre a natureza caída e os cuidados desse mundo nos permitem ouvir a sua voz e obedecer. Alguns os fazem mais cedo, alguns o fazem mais tarde, e outros, lamentavelmente, nunca o fazem, e nunca são bem-aventurados.

 

Alguns, como Samuel, chegam cedo, e até residem no templo na juventude. Outros, como Moisés, depois de tantas peripécias, equívocos e experiências, começam a plenitude da sua missão em idade avançada, outros tantos em vários momentos da jornada.

 

Em tudo o Senhor é sábio, e nós nos alegramos n’Ele.

 

Nos alegramos por termos o seu Espírito e por participar da renovação da face da terra.

 

Muitos de nós nos identificamos com Saulo de Tarso em nosso passado de erros bem intencionados. Mas, como o transformado Paulo nos ensina “Deus não leva em conta o tempo da ignorância”. O Saulo religioso bitolado e perseguidor foi derrubado do cavalo para ser transformado em Paulo, o apóstolo das gentes, missionário, perseguido e mártir.

 

Como Saulo, temos sido honrados com a palavra: “Disse-lhe, porém o Senhor: Vai, porque este é para mim um vaso escolhido, para levar o meu nome diante dos gentios e dos reis e dos filhos de Israel”.

 

O Pai Enviou o Filho e o Espírito Santo, e a Santíssima Trindade nos envia para anunciar a vida eterna aos arrependidos e crentes, no milagre da transformação de qualquer situação em novas criaturas. Anunciar a esperança da ressurreição e da vida eterna. Ele é o pão da vida, e os seus ministros, na Eucaristia, tornam visível o mistério do alimento espiritual.

 

Desde a Queda e a expulsão do Jardim do Éden que o Senhor opera a restauração de todas as coisas, com a Lei e os Profetas, com Israel e a Igreja, no meio das adversidades, dos inimigos, da desobediência dos seus, com a promessa de estar conosco até a consumação dos séculos, e que no meio das aflições desse mundo, Ele nos conforta como alguém que já venceu o mundo e que nos faz vencedores na obediência.

 

Somos chamados a tornar o Evangelho relevante à nossa geração, e transmiti-lo intacto às novas gerações e, em cada etapa da nossa vida, vivemos um ministério, diverso mas relevante.

 

Hoje celebramos esse Culto de Ação de Graças pelos 70 anos de vida do nosso querido irmão reverendo Maurício Coelho, pelo que o Senhor fez e está fazendo em sua vida e por sua vida. Celebramos a sua resposta e entrega de vida como pastor de almas.

 

E, quando os Cânones, expressando a sabedoria histórica da Igreja, o chama para uma nova etapa mais ampla e livre do seu ministério, esse Bispo e amigo e os membros clericais e laicos do Conselho Diocesano, fórum permanente da Igreja Diocesana, aprouveram, como um sinal de justo reconhecimento e merecida homenagem, lhe conceder o título de Venerável Arcipreste, o honrado arquipresbítero, grande pastor, pela vida ministerial dedicada, pelos relevantes serviços prestados a essa parcela do Povo de Deus.

 

Os Arciprestes encarnam a tradição que nos vem desde o Antigo Testamento do respeito ao exemplo e à sabedoria dos anciãos. Um Arcipreste transcende a localidade, paroquialidade para servir a toda a família diocesana e toda a Igreja de Jesus Cristo.

 

Mas, gostaria de tranquilizar o amado rebanho de Gravatá que não lhes estamos retirando o seu amado pastor sênior; ele irá servir por muito tempo, em uma segura, gradual e lenta transição, continuando a colaborar com a missão de Deus nessa cidade na qualidade de Pároco Emérito, com todos os méritos.

 

Por outro lado, seguindo os preceitos canônicos, designamos um novo Pároco Efetivo, saído da mesma equipe que já servia entre vós, na pessoa do reverendo José Roseno, um jovem representante da nova geração de ministros da nossa Diocese, que se enriquece na diversidade de dons que se complementam e se apoiam na realização da mesma missão.

 

Cada um de nós tem a sua história de vida, a sua personalidade, o seu temperamento, o seu chamado, e, principalmente, o seu dom. Não podemos fazer comparações entre líderes, mas cada um tem o seu valor, e ninguém tem todos os dons, daí necessitarmos sempre uns dos outros. Vejo em Roseno, na lista paulina, a figura do pastor-mestre, e precisamos sempre de pastores mestres para o ensino da verdade que edifica.

 

Como Bispo deverei também passar o bastão dentro de quatro anos, e estou buscando a orientação do Senhor para proceder com segurança e em paz essa transição, para então, como Bispo Emérito continuar a servir ao meu Senhor de forma mais livre e mais ampla até o dia em que Ele me chamar para encerrar a peregrinação terrena.

 

O importante, para todos nós cristãos, para todos nós pastores, é que combatamos sempre o bom combate, guardemos a fé até o findar da carreira.

 

Essa é uma noite de festa. Festa espiritual e festa social. E a Palavra nos ensina a nos alegrarmos com os que se alegram. Noite de gratidão. Noite também de intercessão.

 

Alegremo-nos como Povo de Deus, como Diocese do Recife, como Paróquia Anglicana Cristo Redentor, em Gravatá.

 

Meu amado reverendo Roseno, que o Senhor confirme a obra das suas mãos. E que ele o abençoe, juntamente com a sua família e o seu rebanho.

 

Meu querido Venerável Arcipreste Maurício, minha alegria é sincera, você sabe quanto o estimo, e agradeço a Rosa pelo apoio que tem sido para o seu ministério. Agora, meu amigo, não pense que Arcipreste é sinônimo de pijama, e moleza; longe disso. Agora você será cada vez mais um “santo coringa”, um “santo Bombril”, com mil e uma utilidade que nós sabemos de que você é capaz, e que a Diocese, e particularmente esse seu Bispo e amigo necessitam da sua capacidade e da sua dedicação.

 

Celebremos a festa da fé!

 

E ao Senhor seja sempre toda a honra e toda glória, pelos séculos dos séculos, amém.

 

+Dom Robinson Cavalcanti, ose

Bispo Diocesano

 

Comentários
Busca
Somente usuários registrados podem comentar!

3.26 Copyright (C) 2008 Compojoom.com / Copyright (C) 2007 Alain Georgette / Copyright (C) 2006 Frantisek Hliva. All rights reserved."

Última atualização (Sáb, 21 de Agosto de 2010 23:23)

 


Artigos Relacionados:

Powered By relatedArticle

Tradutor 53 Idiomas
Logar
toptan su aritma cihazi pompali su aritma cihazi pompali su aritma cihazi sihirli markalar seo uzmani firsat su aritma filtresi su aritma sebili toptan su aritma toptan su aritma cihazlari su aritma