Joomla TemplatesWeb HostingWeb Hosting
IGREJA ANGLICANA

  

REVMO. MIGUEL ÂNGELO DE A. UCHOA CAVALCANTI

BISPO DIOCESANO 

 

 

REVMO.  EVILÁSIO TENÓRIO DA SILVA JÚNIOR

BISPO SUFRAGÂNEO DA REGIÃO ECLESIÁSTICA 2

 

 

REVMO. FLÁVIO ADAIR TORRES SOARES

BISPO SUFRAGÂNEO DA REGIÃO ECLESIÁSTICA 1

 

REVMO. EDWARD ROBINSON DE BARROS CAVALCANTI

BISPO DIOCESANO EMÉRITO (IN MEMORIAM) 

 

 

SOMOS PARTE DO GAFCON

 

 

SOMOS FILIADOS À FELLOWSHIP OF CONFESSING ANGLICANS (FCA)

 

 

SOMOS CONVENIADOS À IGREJA ANGLICANA DA AMÉRICA DO NORTE (ACNA)

 

SOMOS MEMBROS-FUNDADORES DA ALIANÇA EVANGÉLICA

 

 

SOMOS MEMBROS DA ASSOCIAÇÃO PRÓ-CAPELANIA MILITAR EVANGÉLICA DO BRASIL (ACMEB)

 

Horário de Brasilia
Contador de Visitas
mod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_counter
mod_vvisit_counterHoje507
mod_vvisit_counterOntem0
mod_vvisit_counterEssa Semana507
mod_vvisit_counterÚltima Semana8947
mod_vvisit_counterEsse Mês43905
mod_vvisit_counterÚltimo mês55317
mod_vvisit_counterTodos2003914

Online (Logado a 20 min) 20
Seu IP: 54.211.80.155
,
Hoje é: 28-07-2014 19:29
Home Livro de Oração Comum Brasileiro Outros Textos Litúrgicos RITO DE CONSAGRAÇÃO E DEDICAÇÃO DE TEMPLO: PARÓQUIAS E CATEDRAIS

RITO DE CONSAGRAÇÃO E DEDICAÇÃO DE TEMPLO: PARÓQUIAS E CATEDRAIS

RITO DE CONSAGRAÇÃO E DEDICAÇÃO DE TEMPLO: PARÓQUIAS E CATEDRAIS


Prelúdio

Quando todos estiverem prontos, o Bispo diz:

Bispo:

Através dos tempos, o Deus Todo-Poderoso tem inspirado seu povo a construir casas de oração e louvores e a separar lugares para o ministério de sua Santa Palavra e Sacramentos. Com gratidão e pela construção da _______, estamos reunidos hoje para dedicá-la e consagrá-la em nome de Deus.

Oremos:

Deus Todo-Poderoso, te damos graças por nos teres feito à sua imagem para participar no ordenamento de teu mundo. Recebe o trabalho de nossas mãos neste lugar, que agora vai ser separado para tua adoração, para a edificação do teu povo para o louvor e a glória de teu nome. Por Jesus Cristo, nosso Senhor.

Todos:

Amém.

 

PROCISSÃO À NOVA IGREJA

Durante a procissão à porta da igreja, o seguinte Salmo, ou outro adequado, será cantado ou recitado:

Salmo 24: Domini est terra

Em pé diante da porta da Igreja, o Bispo diz:

Bispo:

Que sejam abertas as portas.

 

A porta é aberta. O Bispo, com o báculo, marca o umbral com o sinal da cruz dizendo:

Bispo:

Paz seja nesta casa e a todos os que entram nela. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

 

Enquanto a procissão entra na igreja, se canta um hino.

Com a congregação de pé, o Bispo começa a Oração de Consagração da Igreja.

Bispo:

Nosso auxílio está no nome do Senhor.

Todos:

Que fez o céu e a terra.

 

Bispo:

Oremos.

Sempre eterno Deus, atento e cheio de amor, nosso princípio e fim, a ti pertence tudo o que somos e tudo o que possuímos. Aceita-nos, agora, que dedicamos este lugar ao qual viemos para louvar teu nome, para suplicar teu perdão, para conhecer teu poder curador, para escutar tua Palavra e para sermos alimentados com o Corpo e Sangue do teu Filho. Sê presente com o teu povo, para guiá-lo e julgá-lo, para iluminá-lo e bendizê-lo.

Todos:

Amém.

Um guardião ou outro representante da congregação continua:

Guardião:

Senhor Jesus Cristo, faz deste edifício um templo de tua presença e uma casa de oração. Aproxima-te de nós quando te buscarmos neste lugar. Atrai-nos a ti quando viermos sós ou acompanhados, para encontrar consolo e sabedoria, para sermos sustentados e fortalecidos, para nos alegrarmos e darmos graças.  Permite que aqui, Cristo Senhor, venhamos a ser feitos um contigo e um com os outros, para que nossas vidas sejam sustentadas e santificadas para o teu serviço.

 

O Pároco ou outro Ministro encarregado continua:

Pároco:

Espírito Santo, abre nossos olhos, ouvidos e corações para que nos cheguemos mais a ti tanto na alegria como no sofrimento. Habita em nós na plenitude do teu poder quando sejam trazidos novos membros ao teu rebanho à medida que cresçamos em graça através do amor, quando sejamos unidos em matrimônio, quando buscarmos a ti em tempo de enfermidade ou necessidade especial, e finalmente, quando formos encomendados às mãos do Pai.

O Bispo conclui:

Bispo:

Neste momento, Pai, Filho e Espírito Santo, santifica este lugar.

Todos:

Porque tudo o que há no céu e na terra é teu.

Bispo:

Teu, ó Senhor, é o Reino.

Todos:

E tu sejas excelso como Cabeça sobre tudo. Amém.

 

O Bispo vai até a Pia Batismal enquanto a congregação, sentada, canta um hino:

A fonte é cheia de água e o Bispo impõe uma mão sobre ela dizendo:

Bispo:

Pai, te damos graças porque por meio da água do batismo morremos para o pecado e fomos feitos novas criaturas em Cristo. Concede por teu Espírito que aqueles que aqui serão batizados experimentem da liberdade e esplendor dos filhos de Deus.

Há um só Senhor, uma só Fé e um só Batismo.

Todos:

Um só Deus e Pai de todos.

Bispo:

Dedicamos esta fonte em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Todos:

Amém.

 

Bispo:

O Senhor seja convosco.

Todos:

Seja também contigo.

Bispo:

Demos graças a Deus nosso Senhor.

Todos:

É justo dar-lhe graças e louvor.

 

Diante da Pia Batismal o Bispo diz:

Bispo:

Te damos graças, Pai Todo-Poderoso, pelo dom da água. Sobre ela o Espírito Santo se movia no princípio da criação. Por ela conduzistes os filhos de Israel da escravidão do Egito à terra prometida. Nela teu Filho Jesus recebeu o batismo de João e foi ungido pelo Espírito Santo como Messias, o Cristo, que haveria de salvar-nos por sua morte e ressurreição, da escravidão do pecado para a vida eterna.

Te damos graças, Pai, pela água do batismo. Nela somos sepultados com Cristo na sua morte. Por ela participamos da sua ressurreição e renascemos do Espírito Santo. Assim, em alegre obediência a teu Filho, trazemos à sua comunidade aqueles que, por fé, se aproximam dele, batizando-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Concede, pelo poder do teu Santo Espírito, que aqueles que aqui são purificados do pecado e nascidos de novo permaneçam para sempre na vida ressurreta de Jesus Cristo, nosso Salvador.

A Ele, a ti e ao Espírito Santo seja toda a honra e toda glória agora e por todo o sempre.

Todos:

Amém.

 

O Bispo passa ao átril enquanto a comunidade canta

O Bispo põe uma mão sobre ele e diz:

Bispo:

Pai, tua Palavra Eterna nos fala através das Palavras das Sagradas Escrituras. Aqui lemos sobre teus feitos poderosos e propósitos na história e daqueles que escolhestes como agentes da tua Palavra. Inspirados pela Revelação do teu Filho, buscamos teus atuais propósitos. Dá-nos ouvido para escutar e corações para obedecer.

Sejam gratas às palavras da minha boca e a meditação de meu coração.

Todos:

Diante de ti, ó Senhor, Rocha minha e Redentor meu.

Bispo:

Dedicamos este átril no nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Todos:

Amém.

O Bispo se dirige ao púlpito, impõe a mão sobre ele e diz:

Bispo:

Pai, em todas as eras tens falado pelas vozes de profetas, pastores e mestres. Purifica as vidas e os lábios daqueles que falarem daqui, para que somente tua Palavra seja proclama e só tua Palavra seja ouvida.

 

Lâmpada para nossos pés é a tua Palavra.

Todos:

E luz para nosso caminho.

Bispo:

Dedicamos este púlpito em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Todos:

Amém.

 

Enquanto a música é cantada, a Bíblia é trazida e colocada no átril e o púlpito é vestido.

 

Liturgia da Palavra

 

Antigo Testamento: 1 Rs.8:22-23, 27b-30

Salmo 84

Cântico

Novo Testamento: 1 Cor.3: 9b-11, 16-17

Hino de Aclamação

Durante o hino a procissão do evangelho e a comunidade de pé.

Evangelho: Mt .7:13-14; 24-25

Sermão

Credo Niceno

Todos:

Creio em um só Deus Pai Onipotente, Criador do céu e da terra, e de todas as coisas visíveis e invisíveis.

E em um só Senhor Jesus Cristo, Filho Unigênito de Deus; Gerado de seu Pai antes de todos os mundos, Deus de Deus, Luz de Luz, Verdadeiro Deus de Verdadeiro Deus; Gerado, não feito; Consubstancial com o Pai; Por quem todas as coisas foram feitas: O qual por nós homens e pela nossa salvação desceu do céu, e encarnou, por obra do Espírito Santo, da Virgem Maria, e foi feito homem: Foi também crucificado por nós, sob o poder de Pôncio Pilatos; padeceu e foi sepultado; e ao terceiro dia ressuscitou, segundo as escrituras; e subiu ao céu, e está sentado à mão direita do Pai; e virá outra vez com glória, a julgar os vivos e os mortos; E o seu reino não terá fim.

E creio no Espírito Santo, Senhor, e Doador da Vida, Procedente do Pai e do Filho; O qual com o Pai e o Filho juntamente é adorado e glorificado; O qual falou pelos profetas;

E creio na Igreja Uma, Santa, Católica e Apostólica; reconheço um só batismo para remissão de pecados; e espero a Ressurreição dos mortos; e a vida do mundo vindouro. Amém.

LITANIA DE AÇÃO DE GRAÇAS

PELA NOVA IGREJA

A comunidade de joelhos

Bispo:

Demos graças a Deus a quem adoramos aqui na sua santidade. Deus eterno, os céus dos céus não podem te conter, muito menos as paredes dos templos feitas por mãos humanas. Recebe bondosamente nossa gratidão por este lugar e aceita o trabalho de nossas mãos, que oferecemos à tua honra e glória. Pela Igreja Universal, da qual este edifício é uma visível manifestação do companheirismo vivido em tua Igreja. Por aqueles que trabalham esforçadamente na construção deste templo. Te damos graças, Senhor.

Todos:

Te damos graças, Senhor.

Bispo:

Por tua presença quando dois ou três se congregam em teu nome.

Todos:

Te damos graças, Senhor.

Bispo:

Por este lugar donde podemos estar em silêncio e saber que tu és Deus.

Todos:

Te damos graças, Senhor.

Bispo:

Por fazer-nos teus filhos por adoção e graça, e por renovar-nos dia-a-dia com o Pão da Vida.

Todos:

Te damos graças, Senhor.

Bispo:

Pelo conhecimento de tua vontade e graça para efetuá-la.

Todos:

Te damos graças, Senhor.

Bispo:

Pelo cumprimento de nossos desejos e petições como mais nos convenha.

Todos:

Te damos graças, Senhor.

Bispo:

Pelo perdão de nossos pecados que restaura a comunhão de teu povo fiel.

Todos:

Te damos graças, Senhor.

Bispo:

Pela bênção de nossos votos e a coroação de nossos anos com tua bondade.

Todos:

Te damos graças, Senhor.

Bispo:

Pela fé dos que partiram e pelo encorajamento de sua perseverança.

Todos:

Te damos graças, Senhor.

Bispo:

Pela comunhão de todos os teus santos.

Todos:

Te damos graças, Senhor.

 

Depois de um breve silêncio o Ministro conclui com a seguinte doxologia:

Bispo:

Tua é, Senhor, a grandeza, o poder, a glória e a majestade.

Todos:

Te damos graças, Senhor.

Bispo:

Teu, Senhor, é o Reino.

Todos:

E tu sejas excelso sobre a cabeça, sobre tudo. Amém.

 

Depois de um período de silêncio o Bispo conclui com as seguintes orações:

Bispo:

Deus Todo-Poderoso, todos os tempos são bons para ti e todas as ocasiões são um convite da tua eterna misericórdia: aceita nossas orações e intercessões que te oferecemos hoje neste lugar e nos dias que virão, por Jesus Cristo, nosso Mediador e Advogado.

Todos:

Amém

 

Ou

Bispo:

Te damos graças, ó Deus pelos dons do teu povo e pelo trabalho de muitas mãos, que embelezaram e equiparam este lugar para a celebração dos teus santos mistérios. Aceita e abençoa tudo aquilo que fizemos e concede que através destas coisas terrenas contemplemos a ordem e a beleza das coisas celestiais; por Cristo Jesus nosso Senhor.

Todos:

Amém.

 

Cântico

Então o Bispo diz:

Bispo:

Oremos agora pela consagração do altar.

 

O Bispo dirige-se até à mesa e com os braços estendidos diz:

Bispo:

Te louvamos, Deus Todo-Poderoso e eterno, que por nós e por nossa salvação enviastes teu Filho Jesus Cristo para nascer entre nós a fim de que por Ele sejamos feitos teus filhos.

Todos:

Bendito seja o teu nome, Senhor Deus.

Bispo:

Te louvamos por havê-lo ressuscitado dentre os mortos e por havê-lo exaltado para que seja o nosso grande Sumo Sacerdote.

Todos:

Bendito seja o teu nome, Senhor Deus.

Bispo:

Te louvamos por enviar-nos teu Espírito Santo para que nos santifiques e nos una numa Santa Igreja.

Todos:

Bendito seja o teu nome, Senhor Deus.

O Bispo sinalizando as cinco cruzes sobre a mesa continua dizendo:

Bispo:

Senhor, escuta-nos. X Santifica esta mesa  dedicada a ti. X Que ela seja sinal do altar celestial onde teus santos e anjos te louvam sem cessar. X Aceita aqui o contínuo memorial de sacrifício do teu Filho. X Concede que todos aqueles que comerem e beberem dessa mesa sejam nutridos e renovados por seu Corpo e Sangue, perdoados de seus pecados, unidos uns com os outros e fortalecidos para teu serviço. X Bendito seja o teu nome Pai, Filho e Espírito Santo, agora e por todos os séculos dos séculos.

Todos:

Amém.

O altar é revestido e os vasos sagrados são colocados sobre eles enquanto a congregação canta

Cântico

Segue-se a Saudação da Paz e o Ofertório

Comentários
Busca
Somente usuários registrados podem comentar!

3.26 Copyright (C) 2008 Compojoom.com / Copyright (C) 2007 Alain Georgette / Copyright (C) 2006 Frantisek Hliva. All rights reserved."

 


Artigos Relacionados:

Powered By relatedArticle

Tradutor 53 Idiomas
Logar
toptan su aritma cihazi pompali su aritma cihazi pompali su aritma cihazi sihirli markalar seo uzmani firsat su aritma filtresi su aritma sebili toptan su aritma toptan su aritma cihazlari su aritma